Projeto Minas Indígena ganha mais uma parceria: a Emater - Minas Gerais!



A Emater – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais - apoiará o Projeto Minas Indígena com a proposta de produção de peixes (Tilápia) na Represa do rio Itacarambi, Terra Indígena Xakriabá – São João das Missões. Na medida em que o Projeto for atingindo outras etnias pretende-se também replicar a ação de piscicultura.


A Represa, localizada dentro da Aldeia Itapicuru, recebe o nome de Itacarambi por ser abastecida pelo rio de mesmo nome cuja principal nascente encontra-se na Aldeia Itacarambizinho, mas é também abastecida por outra nascente, três olhos d’água, que nasce na Aldeia Barreiro Preto. Sua capacidade total, medida à época da construção, em 1988, pela Codevasf, era de sete milhões e quatrocentos mil litros de água. Atualmente o volume armazenado está reduzido em virtude de assoreamento e, também, porque chove pouco ficando a reserva de água totalmente dependente das nascentes. A vazão não retida segue em direção ao centro urbano de São João das Missões e, após passar por ele, é represado, faltando 700m para chegar ao rio São Francisco, para abastecer algumas lagoas do Parque estadual da Mata Seca.


A ação a ser executada em parceria com a Emater - Minas Gerais consistirá na implantação de tanques para a criação de peixes, tilápias, com a capacitação dos nativos para que assegurem a sustentabilidade ao longo do tempo.


Em reunião ocorrida na sede da empresa nesta segunda-feira, dia 29 de janeiro, o Presidente, Glênio Martins, disse que a empresa irá estudar, posteriormente à implantação dessa ação de piscicultura, outras ações dentro das terras indígenas visando à melhoria da segurança alimentar e nutricional dos nativos.



Conheça nosso projeto
Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
  • facebook
  • instagram-icon-grey.3cf404e5